domingo, 28 de dezembro de 2008

Chet Baker

A vida não admite evitar emoções. Tarefa besta, fadada ao fracasso. Só morto. Acho. De acordo com o depoimento do morto-vivo do filme p&b que assisti, estar morto dói. Querer não sentir é bobagem galopante, pois. Prossigo.

Lembro-me de como me emocionou a cena dos beijos censurados no final de Cinema Paradiso. Momentos. Momentos de nossa vida que nada têm de efêmero. Lembro-me do beijo adolescente e da doce pergunta que aquela boquinha mais que meiga me dirigiu: "é assim?" Assustei-me: eu não sabia responder. Eu não sabia e me calei.

Os tropeços, aquilo que, segundo consta, deveriam nos fortalecer - entenda-se: enrijecer a alma - de fato, são janelas que se abrem para o oceano que tentamos represar. Eu tentei isso. Tento, ainda. Mas aí vem alguém e faz um belo filme, canta uma bela canção, aquela que eu não quis cantar - Body and soul, But beautiful, Cry me a river - e os diques sossobram.

Agora, por exemplo, estou às voltas com Chet Baker, monocórdio cantor que deveria continuar tocando seu trompete (como aconselhou seu pianista), me esvaindo em turvos pensamentos e eloqüentes emoções. Baker não canta nenhuma das canções citadas, mas canta um monte de outras, também belas.

Eu dedico esse disco às diversas meninas que têm, na hora marcada, me amado. Eu as amo também, de todo coração, naqueles momentos que, creiam, não são efêmeros.

Link here & here

7 comentários:

Vinyl disse...

Salsa,
As meninas merecem. Espero que elas saibam disso, da importância daqueles momentos.
Você usou essa trilha sonora?

Anônimo disse...

Amigos,
feliz 2009.
sucesso e saúde, sempre.
Abs
Acir Vidal
www.contraovento.blogger.com.br

Anônimo disse...

Queria parabeniza-lo pelo blog, gostei muito da idéia dos podcasts, a seleção esta ótima..Parabéns!

Salsa disse...

Valeu, mr Anônimo,
Apareça sempre.
Acir, meu velho, quando retornares do sul, traga uma giselle pra mim.
Vinyl,
Não creio que elas saibam. Fica a dedicatória.

intelligence disse...

clutch bags
ladies bags
mulberry bag
mulberry handbags
mulberry handbag

jazzlover disse...

Valeu amigo, tenho este CD mas ocorre que de tanto ouvir acabou arranhado etc.. e ouvir Chet Baker ratiando não da ñ é ?? Muito obrigado por ter postado este que é um dos melhores trabalhos do Chet, em minha opinião !!

jazzlover disse...

Valeu amigo, tenho este CD mas ocorre que de tanto ouvir acabou arranhado etc.. e ouvir Chet Baker ratiando não da ñ é ?? Muito obrigado por ter postado este que é um dos melhores trabalhos do Chet, em minha opinião !!