sexta-feira, 14 de janeiro de 2011

Jazz for the carriage trade

Um pouquinho de boa música para melhorar o chuvoso tempo. Trago-vos um disco que já seria bom se considerássemos apenas os dois sopros que participaram das gravações: Phil Woods e Donald Byrd. Mas tem mais: o pianista e band leader George Wallington, para completar o seu quinteto, conta com Arthur Taylor (d) e Teddy Kotick (b) para cuidarem da sessão rítmica.

O disco - Jazz for the carriage trade - gravado em 1956, é um daqueles trabalhos em que procurar defeitos é uma tarefa difícil. Dominado pelo límpido swing imposto pela pegada primorosa de Wallington, o grupo passeia por temas como Our Delight, Our love is here to stay, Foster dulles, Together we wail, what's new e But George. Esta última, uma composição de Woods, permito-me dizer, foi a que mais me cativou. Os diálogos entabulados por Woods e Byrd, criam o clima mais envolvente do jazz - clima de uma jam.

Eis dois teminhas para vocês apreciarem

O link: Avax


11 comentários:

João Luiz disse...

Este disco, que ganhei de presente de Garibaldi Magalhães, há alguns anos atrás, é bastante interessante, impregnada de "um límpido swing', como diz você mr.Salsa. Ótimo disco da dupla Woods & Byrd, bem superior a dois outros em que os músicos apresentam-se juntos: "The Young Bloods" e "Pairing Off". Bela pedida mr.Salsa!

Salsa disse...

Prezado João,
Prazer recebê-lo aqui no quintal. Em tempo: não esqueci os discos. Em breve, espero, providenciarei para você.

Diogo Del Nero disse...

Olá pessoal!!
Estou passando aqui primeiro para parabenizar o seu espaço onde ja aprendio muito e segundo para dizer que criei o meu blog
e vcs estão convidadíssimos a conhece-lo.
Vou tentar postar semanalmente por la um album para download(das mais variadas vertentes musicais) e uma coluna sobre ele,com objetivo de que outras pessoas
tenham acesso a outras musicalidade e tambem com o intuito de debatermos,conversarmso e aprendermos juntos...
Porisso todo comentario e sugestão é bem-vindo.
Espero que nos encontremos mais!!
Abraço....

wwwcalendariodosom.blogspot.com

Salsa disse...

Valeu, Diogo.É sempre bom ter mais alguém para trocar idéias e impressões sonoras. O nome do blog, obviamente, é uma homenagem ao Hermeto (tem um livro com esse nome). Passarei lá.
Abraços,

Salsa disse...

Ps: Diogo, não deu para deixar comentários no seu blog. Não aparece a caixa para digitar a tal palavra de segurança.

Sergio disse...

Caraco. Meu caro Salsa, eu nunca vi um disco tão elogiado em suas sóbrias reseinhas como esse. Pôxa... Ou seja, já sai da casca com pinta de campeão. Vejamos, ouçamos e opinemos...

Abraços!

Salsa disse...

Aff, é um bom disco, com certeza. Merece estar entre os bons da discoteca.
Em tempo: o disco da Esther é do carái. Bom mesmo!

Érico Cordeiro disse...

Tá na listinha, Mr. Salsa.
Que timaço! Um escrete prá ninhuém botar defeito.
Abração!

pituco disse...

salsa san,

certeza de já ter comentado nesse post...mas, senão, deveria tê-lo feito...

aqui é show de bola...golaço de craques um atrás do outro...

abraçsons

Anônimo disse...

In cаn ѕtaid or kneаdіng сaг to ωork
turgid ѕwaths of tеnѕe
muscles, but theѕe aге also fгequentlу emploуed for ego tаntrіc massаge .
SummaryIn a perfеct cοsmos, we wоuld аll
get exactly what tуρe of situation you're looking for, and freelance website designers testament bid on your job.

Also visit my web page: london tantra
my webpage - click here to book tantric massage in london

Anônimo disse...

It's all Here erotic ideas, the couples pes tantric massage Sandals Cheapest! qualification an investment in a het tantric massage volition not simply give victimized for deeper movements so as to break down lesions and separate the muscular tissue fibers. Can we accept the fact that radiesthesists could fool it and work with some Bang-up doctors, but in oecumenical it of necessity to Focussing more on relationships.

Take a look at my blog post - london tantra