quarta-feira, 14 de novembro de 2007

Zoot & Bucky


Também estou me deleitando com Zoot Sims. Não a caixa apresentada e prometida (mas ainda não cumprida) por Vinyl. Trata-se de outro disco - Send in the clowns (gravação de 1993). Esse foi gravado na companhia do guitarrista de sete cordas Bucky Pizzarelli, pai do canastrinha de mesmo sobrenome (mas de talento ainda a ser provado). Achei delicioso o modo como o velho Bucky toca sua guitarra. O fato é que a sua sonoridade se ajusta perfeitamente ao sopro de Sims. Ouça e comprove: Honeysuckle Rose e Come rain or come shine.

5 comentários:

Guzz disse...

que beleza !!
Bucky Pizzarelli fez outro trabalho em duo com Scott Hamilton entitulado "Remember Zoots Sims"

Não conhecia esse disco.

Bucky é um dos grandes na guitarra ritmica. Agora, falar mal do filho?
Peraííí !! John Pizzarelli uma pegada ritmica vibrante, seus improvisos são bem pontuados e faz "scat" como poucos, pelo menos das últimas gerações está por cima.
Não precisa provar nada pra ninguém.
Concordo que seus últimos trabalhos deixaram a desejar mas seus discos até o duplo ao vivo no Birdland são muito bons.

Abs

Vinyl disse...

coincidência, Guzz. Eu vou postar justamente esse disco do Hamilton, que, para mim, é superior a esse do Sims.

Vinyl disse...

Quanto ao filho, cd: assista ao vídeo postado - ele interpreta (solo) I got a rithm para ninguém ficar com dúvidas.

Anônimo disse...

John Pizzarelli, permita-me respeitosamente discordar, tem feito um trabalho bem sucedido pra demolir a fama de grande guitarrista e bom cantor de voz intimista q não apresentava ambições em abordar standarts com elegância e brilho.No entanto, quer seja pelo inflar do ego, participando de montagens na Broadway, ou com as constantes turnês mundo afora,abandonou a timidez ou a ausência de vergonha e se atira a projetos quase megalomaníacos.Seus discos mais recentes são medianos e um horroso "Bossa Nova".Quanto ao scat, nasceu de um improviso intuitivo , com o tempo e rigor se aproximou da técnica.E nesse quesito, mesmo com a concorrência despreparada recente, Pizzarelli escorrega feio.Basta a comparação com Dee Dee Bridgewater q num scat faz um trumpete em surdina com todas as modulações ,de forma natural e espontânea, nem perto de caracterizar uma micagem.Edú

free disse...

Suas grandes influências foram Nat King Cole [1917-65] e seu pai Bucky Pizzarelli [1926- ], um excelente violonista, mestre no violão de 7 cordas.