sábado, 24 de novembro de 2007

Wayne Shorter


Em 1959, adentrou os estúdios para sua primeira gravação como band leader, o jovem saxofonista Wayne Shorter. Acompanhavam-no em seu debut Chambers, Lee Morgan, Wynton Kelly & Jimmy Cobb. Introducing Wayne Shorter é um disco autoral (das seis faixas, a única que não leva a sua assinatura é o tema Mack, the knife). A interessantíssima faixa inicial, Blues a la carte, emprestaria o título para o segundo disco (cotado com 4,5 estrelas pelo allmusic). A mandada hard bop domina esse disco, que, a meu ouvir, é mais do que agradável (o Allmusic deu apenas 3 estrelas). O percurso anterior de Shorter remonta a experiências com Horace Silver, Maynard Ferguson e Art Blackey (56 - 59). Posteriormente, a partir dos anos sessenta, a sua associação com Miles rendeu-lhe meteórica ascensão no meio jazzístico (temas como E.S.P e Footprints são incansavelmente interpretados por todos os jazzistas), para explodir nos anos setenta, quando, unido a Zawinul e Vitous, fundou o marcante Weather Report. Os seus discos iniciais, no entanto, ainda guardam um modo mais clássico de tocar. As suas composições, vocês perceberão nas faixas disponibilizadas, têm estrutura simples e cumprem bem a função de trampolim para improvisações dos músicos (são boas de tocar e não exigem muitos contorcionismos aos músicos que participam da festa). Ouçam Blues a la carte, Harry's last stand e, de quebra, a deliciosa Mack the knife.

2 comentários:

cd disse...

Realmente um achado curioso. Eu até já ouvi aguma coisa de Shorter com Blakey, mas desconhecia esse disco. Valeu a dica. Vou postar um pra ver se rola um escambo.

F. Grijó disse...

Esse disco chamou-me a atenção - até porque eu o desconheço.
De fato, tenho algumas gravações dos Mensageiros do Blakey nas quais Shorter voa alto.
E, claro, as gravações dele com aquele quinteto superlativo do Miles.
Vou caçar esse disco, camarada.