sábado, 27 de novembro de 2010

Sessões lendárias


Mil novecentos e cinqüenta e nove testemunhou o encontro de dois ícones do jazz: Bill Evans e Chet Baker. Foram dois discos - The lyrical trumpet of Chet Baker e plays the best of Lerner and Loewe, agora reunidos em um cd intitulado The complete legendary sessions.

Evans e Baker são representantes do melhor lirismo do universo jazzístico. Ouvi-los em uma mesma sessão é, pois, uma experiência embevecedora. Aproveitem, meus caros. Escolham uma boa companhia + duas garrafas de vinho + um bom prato + uma boa sobremesa e, presto!, terás uma inesquecível noite.

Antes que me esqueça, na cozinha estão os excelentes mestres Herbie Mann, Pepper Adams, Connie Kay, Burrell, Chambers, Joe Jones, Sims, Jarvis, Earl May. Tempero garantido.

Link: Avax

13 comentários:

figbatera disse...

Beleza, Salsa!

Salsa disse...

Ô, rapaz, aparece mais. Andas sumido.

Bruno Leão disse...

Que maravilha! Meus 2 jazzistas favoritos e não sei porque que razão nunca tinha ouvido falar nessas gravações.

Salsa disse...

Pois aí estão, prezado. Divirta-se!

Érico Cordeiro disse...

Mestre Salsa,
Tanto "The Lyrical Trumpet of Chet Baker" quanto "Plays the best of Lerner and Loewe" são espetacularares. O primeiro, então, que tem Zoot Sims, Pepper Adams e outros gênios, é prá se ouvir rezando.
Os dois foram lançados no Brasil (o primeiro com o título "Chet"), pela BMG, naquela série com capinha de papelão que trouxe ao país várias gemas da OJC (tenho uns trinta cds dessa coleção, incluindo Cannonball Adderley, Duke Ellington, Coleman Hawkins, Oscar Peterson, MJQ, Red Garland, Tal Farlow, Yusef Lateef - não sei porque cargas d'água não continuaram com essa série).
Ambos são indispensáveis em qualquer discoteca.
Valeu, Mr. Salsa!

coimbra disse...

Quando é que Mr. Cordeiro vai-nos convidar para um chá ou um Porto enquanto a gente deslumbra seu acervo ?
Podem ser visitas organizadas, horários, número de pessoas, regulamentos, sapatos na porta, detector de pirataria, revista geral na saída.
Please.

Salsa disse...

Dois diletos visitantes a mais. Um, andou sumido; outro, com visual menos protuberante e com interessante proposta. Vamos todos a São Luís! Prepare-se, mr. Cordeiro.

Érico Cordeiro disse...

A casa está aberta e às ordens - se os amigos não se importarem de encontrar entre Bakers, Evans e Blakeys alguns Leds, Beatles, Flyds, Stones, Doors, Marleys :-)
Fica o Mr. Salsa encarregado de arregimentar a turma e aqui a gente se vira na hospedagem. Quem tiver instrumentos que os traga!
Abração e já estou providenciando o Porto!

Grijó disse...

Grande!
Ou grandes!

pituco disse...

salsa san,

parafraseando um amigo percussionista...é música de gente grande...

o piorzinho nesse time de craques...só pode ser o ouvinte...rs

abraçsonoros e valeô mesmo

PREDADOR.- disse...

Aproveitem para ter esse álbum, originário de dois outros, onde, pela única vez, aparecem juntos Chet e Evans. A hora é esta. Do disco original "Chet Baker plays the best of Lerner & Loewe", incluido nesse "The complete Legendary....", foram obviamente excluidas as músicas: I've grown accustomed to her face, The heather on the hill e On the street where you live, pois o pianista dessas gravações é o correto Bob(Robert)Corwin. É isto mr.Salsa!

Zé Baiano disse...

Chet(The lyrical....) é "mutcho baladoso". O Plays the best of Lerner...é melhor. Contudo, para os fans de Chet e Evans vale a pena.

Anônimo disse...

e o rapidshare?